Local: Biblioteca da Escola Secundária José Estêvão, Avenida 25 de Abril, 3811-901 Aveiro

Local: Biblioteca da Escola Secundária José Estêvão,
Avenida 25 de Abril, 3811-901 Aveiro

Ref:

FNZTAVRMC-PT#0668

Título + número de edição

LITURGIA DO DELÍRIO (EE)

Capa:

Ref:

FNZTAVRMC-PT#0668
LITURGIA DO DELÍRIO (EE)2024-04-15T14:31:42+00:00

Título + número de edição

LITURGIA DO DELÍRIO (EE)

Editor/a:

MUNDO FANTASMA

Autor/es:

Esgar Acelerado

Mês + Ano:

-/2015

País:

Portugal

Cidade:

Porto

Idioma:

PT

Formato:

18,5x14

Tipologia:

Prozine

Acesso:

Livre

Descrição:

"Os corpos desenhados por Esgar Acelerado são um inebriante compêndio das tentações. A sua mordaz fisicalidade desarma a enfadonha severidade dos bons costumes, anula a superficialidade dos juízos, convocando-nos para a queda numa exaltada urgência, desafiadora da secreta reserva das nossas emoções. Apropriando-se de bem conhecidas figuras e cenas da iconografia sacra, oferece-nos através de um pilado erotismo o festim de uma outra dimensão religiosa em que ele próprio se apresenta como o seu novo cultor. Acolitado pelo diabo, senhor deste reino de ferina pulsão, Esgar concretiza sob os auspícios de Hieronynus Boch e da desmesura onírica do figurado de Barcelos, a construção de um altar de delícias que nos propõe a superação do medo e da embasbacada rendição do corpo, tão caras à minguada porção de nervo e gestualidade das ovelhas do lusitano redil. Bebendo na mais distinta tradição dos sátiros, o autor, vem dando mostras de uma original verve plástica que alcança nesta Liturgia do Delírio, o seu mais consumado clarão. – João Rios" Foram produzidos 93 exemplares assinados pelo autor (referência M/F 20), existindo uma edição especial de 20 exemplares, aos quais são acrescentados um glicée (M/F 29) e oito impressões em risografia (M/F 21 a 28). Texto de Nuno Pereira de Sousa no site "Bandas Desenhadas"

Tema:

N/A

Tipo de conteúdo:

Ilustração / Monotipia / Sátira Religiosa

Descrição:

"Os corpos desenhados por Esgar Acelerado são um inebriante compêndio das tentações. A sua mordaz fisicalidade desarma a enfadonha severidade dos bons costumes, anula a superficialidade dos juízos, convocando-nos para a queda numa exaltada urgência, desafiadora da secreta reserva das nossas emoções. Apropriando-se de bem conhecidas figuras e cenas da iconografia sacra, oferece-nos através de um pilado erotismo o festim de uma outra dimensão religiosa em que ele próprio se apresenta como o seu novo cultor. Acolitado pelo diabo, senhor deste reino de ferina pulsão, Esgar concretiza sob os auspícios de Hieronynus Boch e da desmesura onírica do figurado de Barcelos, a construção de um altar de delícias que nos propõe a superação do medo e da embasbacada rendição do corpo, tão caras à minguada porção de nervo e gestualidade das ovelhas do lusitano redil. Bebendo na mais distinta tradição dos sátiros, o autor, vem dando mostras de uma original verve plástica que alcança nesta Liturgia do Delírio, o seu mais consumado clarão. – João Rios" Foram produzidos 93 exemplares assinados pelo autor (referência M/F 20), existindo uma edição especial de 20 exemplares, aos quais são acrescentados um glicée (M/F 29) e oito impressões em risografia (M/F 21 a 28). Texto de Nuno Pereira de Sousa no site "Bandas Desenhadas"

Observações:

Colecção Privada, REF: M/F 20, nº51/93 Assinado pelo autor

Status de catalogação:

FNZTAVRMC
****
RBCIRA
****
RBMA
****
BESJE
****
Outros

Observações:

Colecção Privada, REF: M/F 20, nº51/93 Assinado pelo autor

Legenda:

**** :
Catalogação da Fanzineteca de Aveiro - Acervo de Miguel Alexandre Simões Correia
**** :
Catalogação da Rede de Bibliotecas da Região de Aveiro
**** :
Catalogação da Rede de Bibliotecas Municipais de Aveiro
**** :
Catalogação da Escola Secundária José Estêvão